Provento Soluções

EDITORIAL

Livro_1.jpg

                                                                                                                                     

 

 

A ESCOLHA DE UMA FRANQUIA PELA ÓTICA FINANCEIRA

 

 

Como você faz, ou faria, na hora de optar por investir em uma Franquia? Quais as variáveis que você analisaria? Procura por ramo de atividade? Ou procura por valor total do investimento, aquele que cabe no bolso? Neste editorial da Provento, vamos observar a escolha de uma franquia pela ótica financeira.


Boa Leitura!

 

                                                                                                                                     

                                                                                                                                                                                                                                                                                

 

 

A ESCOLHA DE UMA FRANQUIA PELA ÓTICA FINANCEIRA

Muitos investidores, quando decidem empreender e investir numa Franquia, observam basicamente o ramo de atividade e se o investimento cabe no bolso. Bom, são duas variáveis muito importantes. Afinal, é muito chato trabalhar em algo que não se gosta. Além de chato, nesses casos, muitas vezes a produtividade é baixa. Calcular se o investimento inicial cabe no bolso também é de extrema importância. Vale lembrar que além do investimento inicial, será necessário capital de giro para manter o negócio enquanto não encontra o ponto de equilíbrio e recursos próprios para pagar as contas pessoais.

Mas, além das variáveis acima, ao decidir investir em uma Franquia, o Franqueado em potencial deve analisar a viabilidade econômica e financeira do empreendimento. Esta análise é realizada através de estimativas de investimentos iniciais, demonstração de resultado do exercício – DRE de uma unidade modelo e da análise da rentabilidade do negócio, que é feita através de indicadores, como: Margem Líquida, VPL, Payback, TIR, e Ponto de equilíbrio.


Você aportaria recursos em um investimento onde não houvesse estimativas de lucro, prazo e taxa de retorno e sem mensurar o risco? Como exemplo, imagine o caso de um investimento financeiro qualquer. Você investiria num ativo indicado pelo gerente do seu banco, sem questionar taxas, prazos de resgate e histórico do ativo?

A análise de viabilidade vem responder algumas dessas perguntas. Para se montar uma análise, se utiliza a DRE dos últimos anos, faz-se um projeção para o prazo de duração do contrato de Franquia, que muitas vezes é de 5 anos, e calcula-se alguns indicadores. As análises de viabilidade não são instrumentos que procuram prever o futuro ou fazer previsões de resultados. Este tipo de análise simplesmente faz algumas estimativas de como o investimento pode se comportar, em determinados cenários. Por mais que sejam estimativas, ou seja, não existem garantias, pelo menos o candidato a franqueado tem um norte.

Um dos indicadores usados em larga escala é o payback, que indica o tempo necessário para que o investimento seja recuperado, geralmente em meses, ou anos. Isto é, para que o valor investido retorne.

Antes de decidir investir numa Franquia, procure informações, leia, faça alguns cursos sobre empreendedorismo, finanças, etc... O Sebrae oferece diversos cursos nessa linha. Hoje franquia é um tema recorrente em diferentes fontes de informação, inclusive com publicações especializadas. No entanto, priorize fontes confiáveis. Utilize também a Associação Brasileira de Franchising, lá você encontrará além de conteúdo, bons links de pesquisa.

Quer fazer um comentário ou alguma pergunta, mande um e-mail para contato@provento.com.br.


BONS NEGÓCIOS!


Equipe Provento